16 de março de 2009

Medo.

Dos meus sentimentos.
Dos meus medos.
Do meu orgulho.

Muito medo.

Nenhum comentário: